RESUMO DAS NOVELAS

29 de abr de 2012

MUNICÍPIOS RECEBEM REPASSE DO FPM NA SEGUNDA-FEIRA.


Os municípios brasileiros receberam repasses extras do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) nesta sexta-feira, 27 de abril. E a transferência do terceiro decêndio do mês na segunda, 30 de abril.
De extras são R$ 217.859.697,10 e do último FPM do mês R$ 1.435.208.812,09, considerando a retenção do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb) nas duas transferências. Sem o desconto destinado a Educação, os valores chegam a R$ 272.324.621,37 e a R$ 1.794.011.015,11 respectivamente.
Pelos cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o terceiro repasse do Fundo de abril é 0,3% maior do que o estimado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) no início do mês. Se comparado ao mesmo decêndio de 2011, o crescimento é de 7,2% em termos nominais – sem o descontar a inflação no período.
Repasses extras
O repasse se referente à classificação por estimativa das receitas de Imposto de Renda (IR) e Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) relativas aos pagamentos do Programa de Recuperação Fiscal (Refis). O repasse ocorre separado das parcelas tradicionais do FPM porque a Receita Federal tem um programa que parcela as dívidas de vários impostos.

Fonte: Robson Pires

via rnpoliticaemdia2012
139 PREFEITOS ESPERANDO...

Hoje, em conversa com um prefeito do oeste potiguar, ouvi a queixa de quem 139 prefeitos reuniram-se para ouvir a governadora. Tudo confirmado, mas Rosalba não compareceu. Enviou o diretor de uma instituição para substitui-la. Mas, segundo o gestor oestano, ninguém ficou satisfeito.
Ontem, um outro prefeito da região também comentou comigo este mesmo fato.

139 prefeitos e nada... nada de Rosalba.
via rnpoliticaemdia2012


TENTEI ACORDO, DIZ PREFEITO DE VENHA VER.
O prefeito Expedito Salviano, do município de Venha Ver, disse ao blog que tentou um acordo com a oposição, com o intuito de entregar o rumo do município aos mais jovens. Expedito desejava uma aliança entre seu filho e vice-prefeito Ellan Klayton e o pré-candidato da oposição, Célio. Porém, segundo o chefe do executivo municipal, Célio foi irredutível em pleitear a prefeitura municipal em 07 de outubro próximo pelo bloco oposicionista e assim deve enfrentar o atual prefeito. "Tentei, não fui feliz. Então vamos às urnas", complementou Expedito Salviano.

via rnpoliticaemdia2012





Em Patu, ex-prefeitos Lair Solano e Popó se unem contra Evilásia










Em Patu, uma reviravolta na política local. O ex-prefeito Lair Solano Vale rompeu com o grupo do ex-prefeito Ednardo Moura e da atual prefeita, Evilásia Gildene. Lair vai lançar a esposa, Magnólia Solano, como candidata, pelo Democratas. A engenharia política trouxe para perto de Lair o grupo do ex-prefeito Possidônio Queiroga, o Popó. Ele indicará a sua irmã, conhecida como Maria dos Remédios.

Conversei com Lair Solano por telefone e ele alegou que o motivo principal do rompimento com Evilásia foi o descumprimento de compromissos assumidos anteriormente com o seu grupo. Além disso, Lair destaca que a administração está aquém do esperado.

A candidatura de Magnólia Solano terá o apoio da governadora Rosalba Ciarlini (DEM).

via folha regional

Aceitação do nome de Dário pode ser prejudicada por impopularidade de Galeno.


Reprovação de Galeno empurra Daria para baixo.

Hoje mais uma vez visitei a querida cidade de São Miguel, eu tenho uma verdadeira afeição por aquela cidade e seu povo, afinal morei dez anos e sinto me como se fosse minha segunda casa.


Aproveitando a minha pequena estadia na cidade resolvi conversar com alguns amigos e comerciantes que são uma espécie de voz do povo Micaelense. Estas pessoas afirmam sem

nenhuma rodeio que Dário terá um problema nas próximas eleições chamado Galeno Torquato.

“ Eu sou eleitor de Dário, voto e farei o possível para que ele vença as eleições, todo mundo de são Miguel sabe que o prefeito Galeno tem puxado Dário pra traz” Disse um importante dono de Mercadinho de São Miguel que iremos preservar o nome apesar dele dizer isso em alto e bom tom.

Outro fato que chamou a atenção foi a provável coordenação de campanha do médico Dário Vieira ser formada por pessoas que são intrigadas com o prefeito Galeno Torquato. “Eu vou ajudar a Dr. Dário mais este prefeito que ai está não vale nada” Disse sem cerimônia um dos principais coordenadores da campanha.

Estas conversas foram mantidas com várias pessoas, e o resultado demonstra claramente a insatisfação geral com a atual administração.

É esquálida a opinião publica contra o prefeito Galeno Torquato. Isso também tem mexido no brio dos eleitores de Dário que começam a temer o forte crescimento da pré-candidata Nirinha Fernandes. “A administração de Galeno tem sido o indutor principal que impede o crescimento do nome de Dr. Dário” “Vejo muita gente dizendo que por conta do apoio de Galeno a Dário irá votar na oposição” São declarações de pessoas que conhecem a realidade política da cidade de perto.

O clima político Micaelense pegou fogo após o encontro dos partidos e a união pública do deputado Raimundo Fernandes com Dr. Acácio Campos. Acreditamos pela voz das ruas que a campanha de Nirinha e Acácio Filho deverá sair vitoriosa em Outubro.
via folha regional



Nenhum comentário:

Postar um comentário

PAINEL

vooz